Marta, C. (1921)

MARTA, Cardoso (1921). Jornalismo Figueirense.

Autor: MARTA, Manuel Cardoso
Ano de elaboração (caso não coincida com ano de publicação)
Ano de publicação/impressão: 1921
Título completo da obra: Jornalismo Figueirense
Tema principal: História do Jornalismo
Local de edição: Figueira da Foz
Editora (ou tipografia, caso não exista editora): Tipografia Popular
Número de páginas: 157

Cota na Biblioteca Nacional e eventualmente noutras bibliotecas públicas
Cota na Biblioteca Nacional: H.G. 22010 P.
Cota na Biblioteca Municipal do Porto: O1-2-82


Esboço biográfico sobre o autor

Professor, escritor e funcionário público, Manuel Cardoso Marta nasceu na Figueira da Foz em 1882. Tirou o curso do Seminário Episcopal de Coimbra, entre os anos de 1894 e 1903, mas não se ordenou presbítero.

Foi professor de ensino livre e das escolas móveis e mais tarde secretário da Escola Industrial Fonseca Benevides, em Lisboa. Pouco tempo depois passava a funcionário da Exposição Histórica do Mundo Português, na secção de Etnografia Metropolitana. Fez propaganda republicana no período anterior ao advento da República e foi co-fundador, na sua terra natal, do Centro Eleitoral Republicano Dr. José Falcão. Depois do 5 de Outubro de 1910, teve uma breve passagem pelo Centro Democrático.

Teve a seu cargo, durante alguns anos, a secção Epistolário, do Diário de Notícias. Fundou vários jornais e revistas: em 1929 a Feira da Ladra, uma revista de curiosidades históricas, arqueológicas e etnográficas, e a Nova Gazeta de Lisboa, em 1935.


Índice da obra

O Figueirense p. 9
Correspondência da Figueira p. 10
A Luz p. 14
O Comércio da Figueira p. 15
O Democrata p. 19
Ecos da Figueira p. 21
O Bombeiro Figueirense p. 22
O Mealheiro p. 24
Gazeta da Figueira p. 26
Correio da Figueira p. 30
A Messe p. 33
O Operariado p. 35
O Operário p. 37
O 8 de Maio p. 39
Gazeta de Anúncios p. 41
O Operário Figueirense p. 42
A Beira-Mar p. 44
O Povo da Figueira p. 45
À Cidade da Figueira da Foz p. 49
O Filarmónico Português p. 51
O Figueirense p. 53
Correspondência da Figueira p. 56
A Voz da Justiça p. 58
Legislação Médico-Farmacêutica p. 62
O Mansinho p. 64
Saudação p. 66
Revista da Figueira p. 67
Recreio Literário p. 69
A Praia p. 71
A Caridade p. 72
Desafronta p. 73
A Figueira p. 75
O Povo e o Povo Figueirense p. 76
Glória dos Vencidos p. 79
A Razão p. 80
Revista Literária p. 82
Boletim da Sociedade Arqueológica «Dr. Santos Rocha» p. 84
As Chibatadas p. 86
Pela República! p. 87
Seringa, Pózes e C.ª p. 88
O Petiz p. 89
O Rapaz p. 90
O Anunciador p. 91
O Esguicho p. 93
Ecos do Colégio p. 94
O Doutor p. 96
S. João p. 97
O Poeta p. 98
Uma Esmola p. 100
Figueira-Réclame p. 101
No dia da festa p. 103
Praia da Figueira p. 104
A Praia da Figueira e o Suplemento A Praia da Figueira p. 105
Assistência p. 108
A Redenção p. 109
Prosas & Versos p. 111
O Futuro p. 113
Progresso da Figueira p. 115
Evolução p. 117
Em prol dos pobres p. 119
Homenagem p. 120
Pela Pátria p. 121
O Palhinhas p. 123
A Cocega p. 126
La Playa de Figueira da Foz p. 128
O Carpinteiro p. 131
União e Luz p. 132
O Anunciador p. 134
A Praia p. 135
Fauno p. 137
O Figueirense p. 138
A Praia Elegante p. 140
O Figueirense p. 141
O Passatempo p. 144
O Grito p. 145
A Vida da Fé p. 147
Figueira-Sport p. 149
Testemunho Cristão p. 152
A Praia p. 153
A B C do Banhista p. 155
Correcções e acrescentos p. 157


Resumo da obra (linhas mestras)

O autor apresenta uma resenha de todos os jornais publicados na cidade de Figueira da Foz desde o ano de 1863. Ao longo de toda a obra é apresentada uma lista extensa com mais de 80 jornais publicados e sua história. Sempre que possível o autor inclui datas de lançamento do periódico, principais notícias e analisa qualitativamente o seu conteúdo. Em muitos casos, e principalmente nos periódicos a que o autor terá tido acesso, faz uma descrição física e estética do próprio jornal.
Esta compilação de jornais figueirenses é singular pois, como diz o autor, a não serem os próprios jornais e as passageiras referências que lhes faz o saudoso bibliógrafo Aníbal Fernandes Tomás (…) nada mais há que possa consultar-se.” (p. 3)


Nome do autor da ficha bibliográfica: Nair Silva
E-mail: nair.silva@gmail.com
Ċ
Jornalismo UFP,
01/06/2010, 10:49